Fornelos reclama construção de polidesportivo

O presidente da junta de freguesia de Fornelos, em Cinfães, eleito pelo PS a 1 de outubro, tem definidas as principais prioridades para os quatro anos de mandato. Educação, Desporto, Cultura, Água e Saneamento, são algumas das áreas para as quais André Dias pretende direcionar a sua ação.

No que diz respeito ao desporto, em concreto ao futebol, o autarca recorda a forte tradição que existe na freguesia e que se foi perdendo. Para que o desporto volte a ser uma referência em Fornelos, o novo presidente reivindica a construção de um polidesportivo, “para que os jovens não tenham que deslocar-se para outras freguesias e até para concelhos vizinhos para praticar desporto”, justifica. “Se repararmos, quase todas as freguesias vizinhas têm um polidesportivo, nós não temos”, lamenta. André Dias revela também o sonho de ver o Académico de Fornelos voltar ao ativo, com a prática do futebol, mas avança que é “muito difícil constituir uma direção que faça renascer o clube”, reconhece.

O tempo que demoram as crianças de Fornelos na viagem de e para a escola, em Nespereira, é também uma das preocupações de André Dias. Segundo o autarca, “uma hora é demasiado tempo para uma viagem de dez quilómetros, temos que reduzir isto para, pelo menos, metade”, sublinha. A inclusão da carrinha da junta de freguesia no processo, transportando os alunos dos locais onde o acesso do autocarro é mais difícil, é uma possibilidade em análise. André Dias pretende ainda, dar utilidade aos três edifícios escolares que agora estão devolutos. Para o presidente da junta de Fornelos, as estruturas, que são propriedade do município, devem ser cedidas ou disponibilizadas para as coletividades, ficando ao dispor da população para o que possam ser úteis.

Referindo-se à Quinta da Forma, um espaço propriedade do município, que está abandonado, André Dias pretende transformá-la numa quinta temática, com fins pedagógicos. O autarca revela que, ali, devem ser plantadas árvores e colocados animais para que possa, a seu tempo, constituir-se como um ponto de atração turística.

O abastecimento de água e a instalação de condutas de saneamento, concretamente nos lugares de Cunha e Sarabagos, são também ações prioritárias para o novo autarca, uma vez que são os lugares, junto à estrada, que ainda não dispõem dos serviços básicos.

A limpeza dos aquedutos é uma das medidas que, de imediato, a junta de freguesia pretende desenvolver. O autarca explica a urgência dos trabalhos com a previsão de um inverno “rigoroso” que pode causar prejuízos.

 

 

Siga-nos