“Vilas” de Espadanedo podem formar rede de percursos pedonais

Paulino Amorim, autarca socialista de Espadanedo, em Cinfães, em entrevista à Rádio Montemuro, explica algumas das ideias para os próximos 4 anos e dá conta dos maiores anseios da população local. O presidente da junta elege os acessos, o Ambiente, a Saúde e o Desporto como principais prioridades. Além disso, defende a criação de pontos de atração turistica tendo em conta as potencialidaes locais.

A conceção de um roteiro pedonal que faça a ligação entre as “7 vilas” da freguesia é um desafio que Paulino Amorim assume para o seu segundo mandato. O autarca recorda que existem 7 lugares que “por algum motivo têm o nome de vila”, frisa. São eles, os lugares de Vila, Vila Celina, Cimo de Vila, Vila do Monte, Vila de Cima, Vila do Meio e Fundo de Vila. O roteiro que vai ser criado levará as pessoas a conhecerem os lugares, por um percurso devidamente sinalizado e que se vai constituir como “um incentivo, não só ao convívio, mas também à prática desportiva”, sublinha. Também no sentido da promoção turística, a junta de freguesia pretende tirar melhor partido da sua exposição ao rio Douro.

Outro dos desafios da junta de Espadanedo é “rasgar” acessos que sejam capazes de levar uma viatura a todos os lugares. Paulino Amorim lembra que, para uma emergência médica ou “para qualquer outro tipo de socorro à população, é necessário haver acessos capazes” para que as viaturas possam circular.

Ao nível da Ação Social, o presidente da junta refere que a população tem uma resposta condizente com as necessidades e que é dada quer pela Associação de Solidariedade Social da freguesia vizinha de Souselo, no caso dos idosos, quer pela Associação local direcionada para o apoio aos cidadãos com deficiência. Apesar disso, Paulino Amorim refere que a autarquia local “tem a preocupação de, ao longo do ano, fazer visitas aos mais idosos para avaliar as necessidades e fazer o ponto de situação.

No plano cultural o presidente da junta destaca o trabalho da Associação Recreativa Cultural  e Desportiva de Espadanedo (ARCDE) que promove atividades que mobilizam a população e enaltecem os valores e a tradição da localidade. Como exemplo, sublinha a “Feirinha das Tradições e Sabores Locais” que, anualmente, é realizada no polidesportivo da freguesia. Este é, segundo o autarca, um dos “eventos de referência”, que conta com o apoio da autarquia. As festividades religiosas, com grande tradição no concelho e na região, são também, no entender do presidente da junta, iniciativas que merecem destaque.

Paulino Amorim reconhece que a ARCDE necessita de uma sede condigna e adianta que o processo está em negociação com a Câmara Municipal no sentido de que seja reabilitado um espaço contíguo ao polidesportivo. Esta é uma infraestrutura na qual a junta pretende que sejam introduzidas melhorias para que possa ter melhor aproveitamento.

Um dos grandes anseios da junta de freguesia de Espadanedo é a instalação de abastecimento de água e de condutas de saneamento. O autarca acredita que, durante este mandato, “a freguesia, ou grande parte dela, possa beneficiar dos serviços”. Paulino Amorim assegura que esta é uma questão fundamental para a preservação do Ambiente e para a qualidade de vida da população.

Durante os 4 anos de mandato que iniciou em outubro, o presidente da junta assegura que vai manter uma linha de continuidade com as ações que foram desenvolvidas no mandato anterior e garante que os elementos da autarquia vão manter-se atentos e dar sempre a melhor resposta aos anseios dos habitantes.

 

Siga-nos