“Viver Payva Douro” avança na zona ribeirinha de Castelo de Paiva

O município paivense continua a promover o Plano Estratégico de Desenvolvimento Turístico “Viver Payva Douro”. Várias empreitadas estão em curso na frente ribeirinha do Douro. O presidente da Câmara adianta que o primeiro troço do percurso pedonal na margem do rio, entre o Choupal e o cais de Boure, em Sardoura, que vai incluir um passadiço, deverá estar concluído até ao verão. Numa próxima fase, o percurso fará ligação ao cais do Castelo.

Segundo Gonçalo Rocha, a intervenção em curso no Choupal, em Pedorido, com a requalificação da Zona de Lazer, uma obra que é “assumida pelo município”, e o percurso que dali vai nascer na frente ribeirinha, “valorizam toda a zona constituindo-se como um grande atrativo para a população paivense e para os muitos turistas que visitam o concelho”, assegura o autarca. O percurso ribeirinho, denominado “Viver o Douro” tem um orçamento que ronda os 400 mil euros mas, segundo Gonçalo Rocha, é financiado por fundos comunitários.

O autarca paivense recorda um conjunto de ações que encaixam nesta estratégia de promoção do território, como a reabilitação dos cais, assegurada pela Administração dos Portos do Douro e Leixões e Viana do Castelo, entidade parceira no projeto. O processo “começou no cais de Midões, foi feito também em Sardoura e agora está em curso no cais do Castelo, em Fornos”, explica.

O plano estratégico do município paivense prevê também que seja feita a ligação entre a frente ribeirinha e outros pontos de interesse no concelho.

 

 

 

Siga-nos