Cinfães: Edifício dos Paços do Concelho vai ser requalificado

O primeiro piso do edifício da Câmara Municipal de Cinfães vai ser alvo de uma reestruturação para o tornar mais funcional, confortável e adequado à nova realidade. O anúncio do avanço do processo que, numa primeira fase vai envolver uma verba a rondar os 350 mil euros, foi feito pelo presidente da Câmara, na última reunião da Assembleia Municipal.

Armando Mourisco disse que o projeto está a ser concluído e prevê “um open space, moderno, com mais comodidade para funcionários e utentes e maior eficácia e eficiência nos serviços”, sublinhou. O autarca revelou ainda que “à entrada serão instalados uma plataforma e um elevador para os cidadãos com mobilidade condicionada”. Recorde-se que, atualmente, não existe acesso para cidadãos deficientes ao piso superior do edificio.

O presidente da Câmara explicou ainda que a Casa dos Outeirinhos, onde funcionam os serviços de Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) e os Serviços Sociais, precisa de “requalificação urgente”. Armando Mourisco adiantou também que pretende transferir para a Casa dos Outeirinhos o Gabinete de Inserção Profissional (GIP) e a delegação da Direção Regional de Agricultura. O autarca disse ainda estar convencido de que será possível instalar a Loja do Cidadão de Cinfães, num edifício próximo dos Paços do Concelho. Esta é uma situação que “está dependente” de uma reunião que vai manter com “Agência para a Modernização Administrativa”. Na Loja do Cidadão, vão funcionar “serviços de finanças e serviços de segurança social entre outros”, assegurou o edil.

Armando Mourisco concluiu afirmando estar consciente do esforço financeiro que as obras implicam, sublinhando que se trata de um “investimento no património” do concelho.

Siga-nos