Comboio elétrico chega ao Marco de Canaveses

 

O próximo domingo, 14 de julho, vai ficar marcado pela chegada do Comboio a tração elétrica ao Marco de Canaveses, depois de meses de obras na Linha do Douro.

Após a conclusão das obras e todos os trabalhos de certificação da Linha, o Marco de Canaveses passa a estar ligado ao Porto pelos serviços urbanos e uma oferta muito maior. “Até aqui, durante a semana tínhamos cerca de 20 comboios diários a ligar o Marco ao Porto, agora vamos passar a ter quase 30 nos dois sentidos e a viagem passa a durar cerca de 1h15. É um aumento do número e de qualidade de oferta muito grandes, aquele que os marcuenses vão sentir no dia-a-dia”, diz Cristina Vieira, Presidente da Câmara Municipal do Marco de Canaveses.

Recorde-se que desde julho, os utilizadores do meio de transporte ferroviário podem beneficiar do Programa de Apoio à Redução Tarifária, e desse modo pagar, no máximo, 40€ de passe mensal para a ligação entre o Marco de Canaveses e o Porto, ou 50€ se estenderem o título à rede de transportes urbanos do Porto (metro e STCP). “Num curto período de tempo os marcuenses passam a usufruir de um melhor serviço, uma viagem mais rápida, cómoda e muito mais barata. É uma verdadeira revolução no meio de transporte coletivo que o nosso concelho está a viver”, sublinha a autarca.

A eletrificação e modernização da Linha do Douro era um investimento esperado desde o início do século, e vê agora, em meados de 2019, a luz do dia. “Estamos radiantes por podermos inaugurar este serviço no nosso concelho passados tantos anos de espera. Assinámos o auto de consignação da obra há cerca de um ano e na altura ainda havia muito ceticismo por parte dos utentes, mas a palavra foi honrada. Temos de agradecer ao Governo e às Infraestruturas de Portugal todo o empenho que colocaram na execução da obra, bem como a transparência e abertura com que se desenvolveram as conversações entre todas as partes ao longo dos últimos meses.

 

 

Siga-nos