Município de Baião atribuiu a 27 alunos Prémios de Mérito Escolar e Mérito de Cidadania

27 alunos dos Agrupamentos de Escolas do Concelho de Baião – Vale de Ovil, Sudeste e Eiriz, receberam no passado dia 8 de novembro, os Prémios de Mérito Escolar e Mérito de Cidadania.

A sessão decorreu no Auditório Municipal de Baião, perante encarregados de educação, professores, familiares, amigos e sociedade em geral. Segundo comunicado da Câmara Municipal de Baião, “a distinção contempla os alunos que obtiveram melhores resultados no ensino básico e no ensino secundário e que demonstraram competências sociais relevantes, como a solidariedade, tolerância, bom relacionamento, espírito de iniciativa e disponibilidade colaborativa para com a comunidade educativa e a sociedade em geral. Para além da importante distinção destes valores, os prémios de mérito e de cidadania contemplam a atribuição de uma recompensa pecuniária que vai dos 150 aos 350 euros, valores integralmente pagos aos alunos”, um valor pago pelo município de Baião.

O vice-presidente e vereador da Educação, José Pinho Silva, salientou a importância da Escola Pública “uma fonte de educação, de conhecimento, de cidadania e de igualdade de oportunidades de sucesso para todos”. Nesse sentido incentivou os jovens baionenses a darem o seu máximo empenho nos estudos para alcançarem a sua realização plena, enquanto cidadãos e profissionais. “O saber é o bem mais precioso que existe, porque podemos levá-lo connosco para onde quer que seja e dessa forma realizarmos os nossos sonhos pessoais e profissionais”, reforçou.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, a educação é uma área de intervenção prioritária da autarquia, visível nas melhorias implementadas ao longo dos anos, com o intuito de criar boas condições de ensino e aprendizagem: “a aposta na educação é uma das maiores obras que a autarquia fez e faz no concelho”.

De salientar que a Educação é uma das vertentes em que mais o município de Baião tem apostado, como comprova o orçamento do município para 2020.

 

Siga-nos