COVID-19: Tâmega e Sousa vai ter três centros de diagnóstico em Penafiel, Marco e Lousada

A região do Tâmega e Sousa, que integra os municípios de Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Penafiel e Resende, e o Município de Paredes vão passar a dispor de três centros de diagnóstico da COVID-19 para testar pessoas com suspeita de infeção e previamente referenciadas pelo Serviço Nacional de Saúde.
Depois de, na passada terça-feira, dia 24, ter sido confirmada a abertura da primeira unidade em Penafiel, a Autoridade Regional de Saúde do Norte (ARS Norte) vai avançar, nos próximos dias, com a criação de mais dois locais para a realização de testes laboratoriais da COVID-19, um em Lousada e outro no Marco de Canaveses.
Os três Agrupamentos Centros de Saúde (ACeS) existentes no Tâmega e Sousa passam, assim, a dispor de um espaço próprio para o diagnóstico da infeção, o que vai permitir reforçar a capacidade de resposta no combate à pandemia e aliviar o afluxo de potenciais suspeitos ao Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).

O centro de diagnóstico de Marco de Canaveses, instalado na Santa Casa da Misericórdia, servirá as populações de Amarante, Baião, Celorico de Basto, Cinfães, Marco de Canaveses e Resende (ACeS do Tâmega I – Baixo Tâmega). O centro de diagnóstico de Penafiel, sediado no Pavilhão de Feiras e Exposições, destina-se às pessoas dos concelhos de Castelo de Paiva, Penafiel e Paredes (ACeS do Tâmega II – Vale do Sousa Sul). O centro de diagnóstico de Lousada, no Complexo Desportivo, atenderá os utentes de Felgueiras, Paços de Ferreira e Lousada (ACeS do Tâmega III – Vale do Sousa Norte).
Os autarcas da região continuam a aplicar todos os esforços para acudir a esta situação de emergência e a trabalhar na concertação de medidas entre municípios e autoridades de saúde locais e regionais (ACeS, CHTS e ARS Norte),  no sentido de garantir uma resposta colaborativa que permita superar a pandemia.
Neste âmbito, é também de salientar a aquisição de 11 ventiladores para o Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, que serão instalados nos próximos dias, bem como o facto de estar a ser diligenciada a compra conjunta de equipamento de proteção individual para disponibilizar aos profissionais das unidades de saúde, das Misericórdias e Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), dos bombeiros e proteção civil e dos municípios destes 12 concelhos.