Município de Baião vai reforçar os apoios aos cidadãos e empresas da região

O município de Baião, e face à atual situação que o país vive devido à pandemia de Covid-19, através de um comunicado enviado para a nossa redação explica que vai reforçar o apoio às Juntas de Freguesia e população “a Câmara Municipal de Baião vai, de forma imediata, reforçar o apoio financeiro às Juntas de Freguesia, nomeadamente no pagamento dos quilómetros que venham a ser efetuados na sequência do apoio prestado ao domicílio a todos quantos venham, comprovadamente, a necessitar dessa ajuda, sobretudo na aquisição de bens essenciais, medicamentos, entre outros.”

Atualmente a autarquia de Baião está a trabalhar num pacote mais amplo de medidas que visam apoiar os cidadãos baionenses e empresas do município.
Sobre medidas já implementadas, de recordar a linha criada pela autarquia, de esclarecimento aos munícipes, que se encontra em funcionamento nos dias úteis entre as 09 horas e as 13 horas e entre as 14 horas e as 17 horas (255 540 500) e entre as 17 horas e as 22 horas (912 032 722/ 912 031 633), sendo que ao fim de semana o horário é das 10 horas às 12 horas e das 14 horas às 18 horas (912 032 722/ 912 031 633). A par disto, todas as informações importantes sobre a Covid-19 chegam a toda a população através de altifalantes que percorrem o concelho.
Ainda em articulação com as juntas de freguesia, a autarquia baionense, apoiou os autarcas locais na desinfeção e higienização dos espaços públicos de todo o concelho, sem exceção, trabalho que se encontra a decorrer.

Entrou ontem também em funcionamento, a área dedicada à avaliação e tratamento de doentes Covid-19 no Centro de Saúde do Marco de Canaveses, que vai servir os cidadãos de Baião e Marco de Canaveses, funcionando entre as 08 horas e as 20 horas nos dias úteis e ao fim de semana entre as 09 horas e as 14 horas. Para contacto direto com profissionais de Saúde e de forma a esclarecer as suas dúvidas sobre a Covid-19 deve ligar o 255 539 673.

Atá ao momento, Baião não regista nenhum caso positivo de Covid-19.
A autarquia baionense reforça o apelo “para que todos, os que puderem, fiquem em casa e relembra a todos aqueles que estão a chegar do exterior para Baião de que devem cumprir um período de quarentena obrigatória de 14 dias. A desobediência nesta matéria é crime, punido com pena de prisão e multa”.