Covid-19: Região do Tâmega e Sousa registou mais 42 casos desde a semana passada

Ouvir a Notícia

 

A atualização do boletim epidemiológico da Direção Geral de Saúde (DGS) desta segunda-feira dia 24 de agosto revela um total de 1.801mortes por COVID-19 em Portugal, mais cinco mortes (um aumento de 0,28%) e 123 novos casos (uma variação de 0,22%) nas últimas 24 horas. Há um total de 55.720 pessoas que foram infetadas desde o início do surto.

Aquando da publicação do boletim, estavam internadas 321 (mais quatro do que ontem), sendo que, destes, 44 estão em Unidades de Cuidados Intensivos (menos três).  Neste momento contabilizam-se  40.880 recuperados, mais 106 nas últimas 24 horas.

Por regiões, Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a zona do país com mais infeções confirmadas – 28.816 – mais 63 em relação a ontem. Quanto a óbitos, há 649 (mais três).

Segue-se o Norte, com 19.972 casos (mais 43) e 845 vítimas mortais (mais duas). Quanto ao Centro, contabiliza 4.669 infeções (mais oito) e 253 óbitos, os mesmos que no dia anterior.

No Algarve, há mais seis casos, num total de 1.034 e 17 mortes. Por fim, no Alentejo, a região de Portugal Continental menos fustigada, mantêm-se os 887 casos e 22 óbitos.

Nas Regiões Autónomas, os Açores contam um total de 202 casos, mais três, e 15 vítimas. A Madeira prossegue com 140 infeções e nenhum óbito.

Houve 25.058 casos em homens (907 óbitos) e 30.662 em mulheres (894 óbitos).

 

Os dados por concelho são agora atualizados à segunda-feira, sendo o aumento de casos por concelho o número de casos registados numa semana.

A região do Tâmega e Sousa regista mais 42 casos:

Cinfães: 130 casos;

Resende: 66 casos;

Marco de Canaveses: 124 casos (+2);

Baião: 89 casos;

Castelo de Paiva: 37 casos (+4);

Penafiel: 224 casos (+14);

Amarante: 111 casos (+3);

Celorico de Basto: 24 casos (+1);

Felgueiras: 429 casos (+1);

Paços de Ferreira: 427 casos (+12);

Lousada: 371 casos (+5).