Autarquia de Baião e a Federação Portuguesa de Natação reforçam respostas em termos de atividades aquáticas

Ouvir a Notícia

A autarquia de Baião e a Federação Portuguesa de Natação (FPN) assinaram um protocolo de colaboração com o intuito de reforçar as respostas “em termos de atividades aquáticas que o município já disponibiliza, não só em termos de natação pura, como de modalidades como o Pólo Aquático”. 

Este protocolo vai permitir a criação de um Centro de Treinos Zonal para a região Norte, no âmbito do Programa Nacional de de Talentos de Polo Aquático a Norte de Portugal, o que naturalmente vai alargar a oferta aos munícipes, bem como  acolher um Encontro Nacional de Talentos no ciclo olímpico 2020-2024 e promover a formação de agentes desportivos. O município vai poder acolher estágios das seleções nacionais nas diferentes disciplinas da Natação e organizar eventos desportivos de âmbito mais alargado.

O edil baionense, Paulo Pereira, mostra a sua satisfação com este projeto “Ficamos satisfeitos com a assinatura deste protocolo e com a boa colaboração que tem existido quer com a Associação de Natação do Norte de Portugal, quer com a
Federação Portuguesa de Natação. Estamos empenhados em proporcionar ao baionenses mais opções e mais oportunidades para a prática desportiva. Queremos
também atrair mais praticantes da modalidade e mais agentes desportivos ao nosso território, para que cada vez mais pessoas possam conhecer Baião e tudo o que o nosso território tem de bom”.

Em nome da Federação Portuguesa de Natação, o presidente António Silva elogiou as boas condições que Baião possui para a prática da natação e lembrou que já existe um histórico
de colaboração entre a autarquia e a federação. António Silva mostrou-se confiante de que vai ser possível criar mais condições para o aprofundamento destas modalidades em Baião.

A Piscina Municipal Coberta de Baião envolvia, em 2020, 219 alunos filiados em diferentes escalões etários e modalidades.