Agrupamentos de escolas do concelho de Baião viram renovado galardão do programa Eco-Escolas

Ouvir a Notícia

A par dos anos anteriores, o Agrupamento de Escolas Vale de Ovil, Agrupamento de Escolas de Sudeste e Eiriz-Ancede, viram renovado o galardão do programa “Eco-Escolas”.

Justifica-se este reconhecimento, com um “conjunto de práticas ambientais que permitiram contribuir para a melhoria da qualidade de vida na escola e na comunidade”.

“Este reconhecimento é, uma vez mais, o resultado do excelente empenho e envolvimento de toda a comunidade escolar do concelho, no que respeita à educação ambiental. É também por esta via que se educa para a importância e necessidade de respeitar os recursos naturais que são património de todos nós.”, refere o vice-presidente da autarquia e responsável pelo pelouro da Educação, José Pinho Silva.

Este ano, devido à pandemia da COVID-19, a cerimónia de entrega da Bandeira Verde foi realizada através das plataformas digitais da ABAE (Associação Bandeira Azul da Europa), na presença dos representantes dos municípios e dos Agrupamentos de Escolas envolvidos.

De referir que o Município de Baião é instituição parceira do projeto Eco Escolas desde o ano letivo 2006/2007.

Sobre o programa Eco – Escolas

Eco – Escolas é um Programa Internacional da Foundation for EnvironmentalEducation, desenvolvido em Portugal desde 1996 pela ABAE e que pretende encorajar ações e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pelas escolas, no âmbito da Educação Ambiental e/ou Educação para o Desenvolvimento Sustentável.

Para receber a Bandeira Verde, a escola tem de demonstrar ter seguido a metodologia dos sete passos: Conselho Eco-Escolas, Auditoria Ambiental, Plano de Ação, Trabalho Curricular, Monitorização e Avaliação, Envolvimento da Comunidade e Eco Código. Além de ter de concretizar pelo menos dois terços do seu plano de ação e de realizar atividades no âmbito dos temas-base (água, resíduos e energia) e de, pelo menos, um dos temas do ano.