Secretário de Estado Adjunto e do Desenvolvimento Regional vai estar em Resende para a inauguração do Centro Paroquial de Felgueiras

Ouvir a Notícia

O Secretário de Estado Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel, vai estar no próximo sábado em Resende, para proceder à inauguração do Centro Paroquial de Felgueiras, em Resende, juntamente com o Presidente da Câmara Municipal de Resende, Garcez Trindade, e com o Bispo da Diocese de Lamego, D. António Couto, que também vai proceder à bênção das novas instalações.

Instalado na antiga Residência Paroquial que foi requalificada e reconvertida nas suas finalidades para Centro Paroquial, com o objetivo de dar apoio às atividades pastorais da paroquia de formação, encontro e lazer, bem como de âmbito cultural da comunidade e das instituições locais, nomeadamente da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia.

O edifício tem duas partes distintas: a primeira é destinada a Centro Paroquial e contém, no andar inferior, um salão para cerca de 60 pessoas com apoio de sanitários e de uma copa para realização de pequenos eventos. No andar superior, contém uma sala de estar para convívio e formação de grupos, uma sala mais reduzida para grupos mais pequenos e o apoio de uma casa de banho. Na outra parte contém um pequeno apartamento destinado ao Pároco ou outras eventuais finalidades.

A obra foi construída em duas fases (Centro Paroquial / Apartamento-Residência) e teve um custo global de cerca de 260.000 euros, dos quais 50.000 euros (20%) foram resultantes da candidatura submetida à Direção-Geral das Autarquias Locais, no âmbito do contrato de financiamento “Programa de Equipamentos Urbanos de Utilização Coletiva”; 110.000 euros (42%) disponibilizados pela Câmara Municipal de Resende (50.000 na 1ª fase e 60.000 na 2ª fase) e 100.000 euros (38%) comportados pela Paróquia de Felgueiras.

A autarquia prestou, ainda, apoio técnico na elaboração da candidatura à DGAL, no acompanhamento e fiscalização da obra, mão-de-obra e máquinas na construção dos muros de acesso, bem como mão-de-obra no ajardinamento dos espaços exteriores.