Sindicato dos Motoristas de Matérias Perigosas vai avançar com nova greve

Ouvir a Notícia

O Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas vai avançar para uma greve às horas extraordinárias, fins-de-semana e feriados entre 7 e 22 de Depois de colapsarem as negociações, esta terça-feira à noite, entre os patrões e os sindicatos, com a mediação do Governo, o sindicato liderado por Francisco São Bento vai avançar já com um pré-aviso de greve às horas extraordinárias, fins-de-semana e feriados, entre 7 e 22 de Setembro.

O sindicato de matérias perigosas afirma que desconvocou a greve porque quer negociar, mas não abdica de garantir que os 800 motoristas de matérias perigosas ganhem mais 50 euros no subsídio de operações no final do mês, e que todo o trabalho suplementar que tinham de fazer seja efetivamente remunerado.