Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

17 investigadores visitam Baião para estudarem o desenvolvimento do território

A região de Baião recebeu 17 investigadores oriundos do Brasil, Moçambique e Portugal. O objetivo destes 3 dias de visita de trabalho ao território baionense e à região do Alvão- Marão surgem no âmbito do desenvolvimento territorial promovido pelos concelhos de Baião, Amarante, Marco de Canaveses, Mondim de Bastos, Régua, Mesão Frio, Santa Marta de Penaguião, Vila Real e Vila Pouca de Aguiar, bem como e segundo a Câmara Municipal de Baião “promover a pesquisa luso-brasileira em torno do Património Geomorfológico, componente maior do Geopatrimónio, mas abrindo espaço também para a reflexão sobre as outras formas de Geopatrimónio, suas bases conceptuais, estratégias de geoconservação e formas de promoção dos seus valores e potencialidades junto da sociedade”.

Esta visita é um dos eventos do 3º Encontro Luso-Brasileiro de Património Geomorfológico e Geoconservação, que decorre na cidade de Guimarães, com a coordenação do Professor António Vieira.

Uma organização do Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território (CEGOT-UMinho) e conta o apoio da Câmara Municipal de Baião.