87.8 e 88.5


















FM

Município de Resende ativou Plano Municipal de Emergência

Ouvir a Notícia

Face à pandemia de COVID-19 que já fez uma vítima mortal na Santa Casa da Misericórdia de Resende, registando-se até esta hora 22 casos confirmados no município, o Presidente da Câmara Municipal de Resende, Garcez Trindade, decidiu declarar a situação de alerta de âmbito municipal.

“O Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Resende é um documento formal, no qual se encontram definidas as orientações relativamente ao modo de atuação dos vários organismos, serviços e estruturas a empenhar em operações de proteção civil, com o intuito de organizar, orientar, facilitar, agilizar e uniformizar as ações necessárias à resposta”, pode ler-se no site da autarquia.

O município de Resende já procedeu à implementação das seguintes medidas:
“Cancelamento ou adiamento dos eventos agendados, cancelamento das feiras do concelho, encerramento de edifícios municipais e do atendimento presencial nos edifícios municipais; – Disponibilização de diferentes serviços de apoio social (entrega de bens de 1ª necessidade, medicamentos, apoio psicológico e linha de apoio para a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ);
– Implementação do centro de operações integrado/sala de crise, de acompanhamento permanente no âmbito da COVID-19, instalado no edifício dos Bombeiros Voluntários. – Realização de serviço de higienização e desinfeção nos espaços e arruamentos públicos, nomeadamente junto aos edifícios de maior utilização (bancos, farmácias, comércio, IPSS, CTT e outros).
– Disponibilização de equipamentos (pulverizadores) e desinfetante às juntas de freguesia do concelho, para aplicação nos seus territórios, nomeadamente nos locais de maior utilização dos cidadãos e na envolvente de equipamentos de deposição dos resíduos sólidos urbanos;
– Divulgação de AVISOS, via megafone, por todo o território concelhio, relativo às diferentes mensagens emanadas pela Direção Geral da Saúde.”