Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

Comissão Municipal de Proteção Civil de Baião proibe o lançamento de fogo de artifício até 17 de abril

Foi decidida por unanimidade da Comissão Municipal de Proteção Civil de Baião (onde se incluem o Presidente da Câmara Municipal, Coordenador Municipal de Proteção Civil, Autoridade de Saúde Concelhia, Comandantes dos Bombeiros Voluntários de Baião e de Santa Marinha do Zêzere e Comandante do Posto Territorial da GNR de Baião) não conceder licenças especiais de ruído e licenças de uso de explosivos a partir do dia de hoje e até 17 de abril, data em que termina o atual estado de emergência.

A decisão tomada impede a utilização de foguetes, fogo de artifício e de outros artefactos pirotécnicos durante o período da Páscoa.
Segundo comunicado da autarquia baionense “Esta posição surgiu após auscultação dos Párocos do concelho e enquadra-se no contexto de Estado de Emergência que se vive no país. Esta circunstância impõe o dever geral de recolhimento domiciliário, proibindo inclusivamente a realização de celebrações de cariz religioso e de outros eventos de culto”.

De recordar que o município de Baião ativou o seu Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Baião, no dia 17 de março.