Foi prolongada até 31 de maio a suspensão preventiva do Dia da Defesa Nacional

Ouvir a Notícia

Foi prolongada até 31 de maio, a suspensão preventiva do Dia da Defesa Nacional, justificando-se esta medida de acordo com as “orientações das autoridades nacionais e internacionais de saúde e às medidas previstas no Plano de Contingência do Ministério da Defesa Nacional, face à evolução epidemiológica e risco de contágio do novo coronavírus (COVID-19)”.

O Dia da Defesa Nacional, que entre 10 de março e 31 de julho abrange um total de 50 236 cidadãos convocados, implica a concentração de um elevado número de jovens e de equipas divulgadoras, em unidades militares dos três ramos das Forças Armadas, pelo que se justifica esta medida preventiva de proteção, até ao dia 31 de julho.

O Dia da Defesa Nacional implica a concentração de um elevado número de jovens e de equipas divulgadoras, em unidades militares dos três ramos das Forças Armadas, pelo que se justifica a manutenção desta medida preventiva de proteção.
Em caso de dúvidas, deve enviar mensagem para o e-mail ddn.covid19@defesa.pt , ou ligar para a linha de atendimento telefónico do Balcão Único da Defesa – (+351) 213 804 200 ou do Centro para o qual foi convocado:
– Centro de Divulgação do Porto / Gaia / Viseu / São Jorge – 919315840
Os cidadãos poderão obter mais informações e emitir a cédula militar, documento oficial que atestará, à data da sua emissão, a situação militar em: https://bud.gov.pt/ddn-covid19.html.