Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

Comissão de Defesa da Floresta do Marco de Canaveses aprovou Plano Operacional Municipal

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta do Marco de Canaveses reuniu no passado dia 29 de maio, sexta-feira e aprovou o Plano Operacional Municipal (POM) com o intuito de “a preparar o dispositivo operacional do sistema de defesa da floresta contra incêndios no Município, para o período de maior suscetibilidade aos incêndios rurais “para este ano de 2020.

Segundo a autarquia Marcuense o ”plano é um documento estratégico anual fundamental na coordenação das ações preventivas e de operacionalização dos meios e recursos à disposição dos agentes de proteção civil do município, onde se estabelece, de forma concertada, as atividades que serão desenvolvidas no âmbito da vigilância, deteção, fiscalização, primeira intervenção, combate, rescaldo e vigilância pós-incêndio”.

O Comandante dos Bombeiros Voluntários do Marco, Sérgio Silva, realçou “a importância dos trabalhos de beneficiação dos caminhos florestais e das faixas e mosaicos de gestão de combustível realizados pela Câmara Municipal, dando como exemplo o contributo auxiliar no combate ao incêndio que em 2019 lavrou nos lugares de Outeiro e Vinheiros da freguesia de Soalhães”.

As faixas e mosaicos de gestão de combustível assumem-se como extremamente importantes porque visam permitir o acesso seguro das forças de combate aos incêndios florestais, facilitando uma intervenção direta de combate ao fogo e fazendo diminuir a superfície percorrida por grandes incêndios.

De relembrar que prosseguem na Serra da Aboboreira, os trabalhos a realização de parcelas de fogo controlado em locais estratégicos e a limpeza dos matos numa largura de 10 metros para cada lado dos caminhos, elaborados pela equipa de sapadores florestais, do Município do Marco de Canaveses através do protocolo celebrado com a Associação Florestal de Entre Douro e Tâmega (AFEDT.

Fonte: Câmara Municipal do Marco de Canaveses.