Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

Marco de Canaveses aprova o regulamento das isenções de taxas de ligação e ramal às redes de água e saneamento

Foi aprovado no passado dia oito de julho, em reunião da Câmara Municipal de Marco de Canaveses o Projeto de Regulamento de Incentivo à Ligação de Prédios às Redes Públicas de Abastecimento de Água e Saneamento de Águas Residuais do Município. O projeto contou com votos a favor Presidente da Câmara Cristina Vieira e dos Vereadores do PS e CDS e a abstenção dos Vereadores do PSD.

O projeto de regulamento permitirá, após  aprovação em sessão extraordinária da Assembleia Municipal, a
decorrer no dia 17 de julho, e posterior publicação em Diário da República, a isenção da população marcuense das taxas de ligação e ramal às redes públicas.
“Estamos cada vez mais próximos de conseguir concretizar aquilo que os marcuenses esperavam há muitos anos. A isenção das taxas de ligação será uma medida estruturante no desenvolvimento do Marco de Canaveses e um ganho enorme para as famílias marcuenses, que ficam livres desses encargos muito onerosos”, refere a autarca Cristina Vieira.

Após a aprovação do regulamento, todos os marcuenses que se pretendam ligar às redes públicas de água e saneamento, precisam apenas de submeter um requerimento à Câmara Municipal que, após ser aprovado, torna o Município o responsável pelo pagamento do valor das taxas às Águas do Marco.

“É um grande esforço financeiro que a Câmara Municipal vai fazer mas trata- se de um investimento na saúde pública e no bem-estar dos marcuenses, no meio ambiente e na competitividade territorial. É também um contributo muito relevante para desbloquear o conflito com a concessionária Águas do Marco. Acima de tudo é concretizar um compromisso. Palavra dada é palavra honrada.”, realça a Presidente do Município Marcuense, Cristina Vieira.
Está já previsto o valor de 1.402.500€ no orçamento municipal, para responder aos potenciais clientes que façam a requisição e cumpram os requisitos previstos no regulamento.