Marco de Canaveses já possui uma equipa com o objetivo de promover a igualdade no território

Foram nomeados na Assembleia Municipal de Marco de Canaveses no passado dia 26 de junho, os membros da Equipa para a Igualdade na Vida Local (EIVL). Esta equipa surge no âmbito do Protocolo para a Igualdade de Género e Não Discriminação, celebrado entre a Câmara Municipal do Marco de Canaveses e a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG).

A Presidente da Câmara Municipal de Marco de Canaveses, Cristina Vieira explica que “este novo protocolo tem como novidade a criação de uma equipa para trabalhar neste assunto, bem como a entrada de setores não clássicos na área de intervenção da Igualdade, como urbanismo, cultura e desporto”.

Com o objetivo base de promover a igualdade no território marcuense, a EIVL é responsável pelo acompanhamento, implementação e avaliação do Plano Municipal para a Igualdade e Não Discriminação a construir como resultado da candidatura apresentada, pelo município, aos fundos comunitários.

“Este é mais um passo na efetivação da política municipal de igualdade, a que chamamos ‘Marco+Igual’, recordando a assinatura recente do ‘Protocolo para a Territorialização da Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica’, entre o Município e a Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade”, realça a autarca marcuense.

O Município de Marco de Canaveses terá então de conceber e implementar um Plano Municipal para a Igualdade e a Não Discriminação, com o objetivo de construir de um direito mais igual e coeso, bem como garantir serviços de atendimento, informação e encaminhamento para vítimas de violência. A CIG irá formar recursos humanos do Município para intervir nesta área.