Baião prepara o regresso às aulas para o ano letivo 2020/2021

José Pinho Silva, vice presidente da Câmara Municipal de Baião e detentor do pelouro da Educação, visitou esta semana todas as escolas do concelho, acompanhado por Gabriela Saldanha, Delegada de Saúde Local e José Manuel Ribeiro, Coordenador Municipal da Proteção Civil, com o objetivo de apoiar os Agrupamentos de Escolas do Concelho de Baião na preparação do novo ano escolar, que principiará num atípico contexto de pandemia do vírus SARS-COV-2.

O autarca procurou colocar-se a par do ponto de situação no cumprimento dos planos de contingência definidos por cada Agrupamento baionense, disponibilizando o apoio técnico possível dos responsáveis concelhios nas áreas da saúde e proteção civil.

De recordar que o regresso às aulas deste ano se realiza em condições anormais devido à situação pandémica que atravessamos, e será necessária uma maior organização e higienizarão dos espaços escolares, maior atenção à concentração dos alunos, promoção do distanciamento físico entre todos os elementos escolares, espaços de refeições adequados e ainda a obrigatoriedade de utilização de máscaras.

A Câmara Municipal de Baião está a entregar às escolas do concelho, várias mesas, de acordo com as necessidades e solicitações das mesmas, permitindo assim que se possa manter a distância física entre os alunos. Está ainda prevista pela autarquia a entrega de álcool gel, assim como diversos equipamentos como termómetros.

O serviço de transportes escolares mantém a dinâmica dos anos anteriores, exceto na lotação, que passará a estar limitada a dois terços por viatura.

“As escolas estão a tentar, na medida do possível, desfasar os horários dos alunos para minimizar o seu encontro nos espaços comuns das escolas. Os transportes estão preparados, mas naturalmente, terá de haver ajustamentos nas primeiras semanas em função das necessidades que vierem a surgir. A Câmara Municipal de Baião está a trabalhar sobre essa matéria com a Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM-TS), enquanto autoridade de transportes”, refere José Pinho Silva.

“As nossas escolas estão a ter uma capacidade de adaptação muito positiva. Estão a preparar-se e a implementar condições que vão permitir encara este ano letivo com segurança e tranquilidade, desde que cada um cumpra o seu dever. O regresso às aulas é fundamental para os alunos e para as famílias. Temos de ser todos vigilantes, solidários e agentes de saúde” apela o autarca baionense.