Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

Vice-presidente da autarquia de Baião reuniu com os responsáveis dos agrupamentos de escolas para realizar balanço do ano letivo

De forma a “melhorar aspetos relacionados com o funcionamento das escolas”, o vice-presidente da autarquia de Baião, José Pinho reuniu na passada quinta-feira, com os responsáveis dos três agrupamentos.

“A colocação e gestão de pessoas não docente, o serviço de refeições, a fruta e leite escolares,  o serviço de transporte escolar, as atividades do Programa Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar do Tâmega e Sousa (PIICIE do Tâmega e Sousa), as atividades de enriquecimento curricular, requisição de material de escritório e de limpeza, entre outros assuntos”, foram os temas abordados, na reunião que contou com a presença o presidente do Agrupamento de Escolas de Vale de Ovil, Carlos Alberto Carvalho, o presidente do Agrupamento de Escolas de Eiriz – Ancede, José Matos e o adjunto da direção do Agrupamento de Escolas de Sudeste, João Garcia.

Em representação da Câmara, para além de José Pinho Silva, participaram o coordenador do setor da Educação, Manuel Alvarenga, o chefe de divisão financeira, José Rangel e a coordenadora do setor Recursos Humanos, Odete Vaz.

Não menos importante, foi anunciada na mesma reunião, a candidatura ao Centro de Emprego para reforço das escolas com 12 assistentes operacionais estava concluído, pelo que estes já iniciaram funções no passado dia 9 de outubro. A par desta medida, o Ministério da Educação, incluiu mais 4 Assistentes Operacionais nos agrupamentos de escolas, até ao final do corrente ano letivo.

O vice-presidente baionense, informou ainda “que foram realizadas ações de fiscalização por parte da GNR nos transportes escolares do concelho, não tendo sido reportadas anomalias por parte daquela força de segurança. Diariamente são transportados, em Baião, 1174 alunos em 71 circuitos de transporte; para além do serviço de carreiras de transporte público, há transporte realizado pela Câmara Municipal, por Juntas de Freguesia e por 5 táxis e 1 ambulância para os alunos da unidade”.