Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

Dolmen: Loja online reforça a marca territorial Douro Verde

Foi apresentada este sábado a plataforma e-commerce, denominada   locale.pt, a nova loja online da Dolmen – Desenvolvimento Local e Regional CRl.

O Secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Nuno Russo, foi um dos presentes e manifestou a sua satisfação com este projeto:

“Estes territórios rurais estão vivos e dinâmicos e é isso que nós pretendemos numa vertente de desenvolvimento rural, numa vertente de valorização dos nossos produtos endógenos, numa vertente de dar a conhecer todos os nossos produtos de qualidade e mostrar que estes produtores fazem, com todo o conhecimento e com toda a tradição, produtos de excelente qualidade e que isso valoriza não só os produtos agrícolas e agro-alimentares como valoriza o território que dá suporte à produção e depois, mais tarde, à comercialização desses produtos. O que aqui nos foi apresentado foi uma inovação a esse nível, através de uma plataforma, de um site de comercialização, que vai certamente criar mais-valia e valor acrescentado a todos aqueles produtos, a todas as suas empresas e aos territórios e municípios que os acolhem”, afirmou.

O Secretário de Estado deixou ainda uma perspetiva positiva do futuro, nomeadamente no que diz respeito ao próximo quadro comunitário de apoio.

“O Ministério da Agricultura apresentou, há pouco tempo, uma agenda para a Inovação da Agricultura 2030, chamada Terra Futura. Estamos também num período de transição de quadros comunitários e recentemente, na reunião do Conselho Europeu de Ministros de Agricultura, foi possível fechar acordo sobre aquilo que será a nova Política Agrícola Comum. Teremos agora dois anos de transição para preparar o próximo quadro comunitário que vai entrar em vigor em 2023. Se já estamos em sintonia – o Ministério da Agricultura com esta abordagem LEADER e os Grupos de Ação Local -, certamente que teremos ainda mais condições, durante este período de transição, de acertar estratégias futuras para dar continuidade não só a este trabalho mas ao desenvolvimento que ele tem dado aqui em cada uma das regiões, e nesta região em particular onde o trabalho é visível por parte da Dolmen mas também por parte dos municípios que constituem a própria Dolmen. Acho que a próxima estratégica dará ainda mais vincada importância a estes territórios rurais e a tudo aquilo que eles trazem de positivo para a nossa economia”, rematou.

Segundo comunicado, a loja e-commerce, desenvolvida no âmbito do projeto Economia Ativa no Douro Verde – cofinanciado pelo Norte 2020, “reforça a estratégia da Dolmen de promoção territorial e de apoio à produção local, sendo um verdadeiro espaço de valorização dos produtos, dos produtores e da economia locais”.

Cristina Vieira, presidente da Dolmen, destacou que a loja online é fruto da evolução tecnológica e da atual pandemia, que obriga “a estar mais por casa”.Serve para vender os produtos mas serve também para que aqueles que nos visitam possam conhecer desta forma o território Douro Verde”, notou.

“Hoje é o dia nº 1, é o 1º dia num projeto que vai integrar os municípios na requalificação daquilo que são as suas estratégias e também o seu potencial de divulgação e, por isso, a partir de agora, vamos construir juntos este portal, esta loja locale, porque são os nossos produtos locais. Acho que este projeto vai ajudar muito os produtores locais, as nossas microempresas que, desta forma, vão poder também promover os seus produtos locais e endógenos, e vamos sobretudo poder ajudá-los a fomentar o seu negócio e a criar emprego, porque este é também um dos objetivos primordiais da Dolmen”, destacou Cristina Vieira.

Para a Cristina Vieira, a locale.pt é “um desafio” para a Dolmen, para os produtores, para os municípios e para os parceiros. A presidente da Dolmen deixou ainda o convite a que, nesta altura de pandemia, se comprem Cabazes de Natal através da plataforma e-commerce agora disponibilizada.

Lucinda Fonseca, vice-presidente da Câmara Municipal de Amarante, território que acolheu a sessão de apresentação, elogiou a locale.pt, descrevendo-a como “a materialização de um projeto que tem vindo a ser trabalhado em todo o território e que, com certeza, será mais uma ferramenta para divulgar aquilo que de bem e de bom se faz em todos os nossos municípios”. “Esta é de certeza uma ferramenta inovadora que irá potenciar o território e os nossos produtores”, sublinhou.

Destacar que os produtos disponíveis estão divididos pelas categorias: artesanato, cabazes, cosméticos, garrafeira, gourmet, merchandising e publicações, pelo que pode encontrar na locale.pt, os mesmos produtos disponíveis nas lojas físicas de Amarante, Baião e Marco de Canaveses.