Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

Centro de Interpretação da Escultura Românica apresenta um trabalho de Bordalo II

O Centro de Interpretação da Escultura Românica (Cier) tem em exposição, uma escultura do artista plástico Bordalo II, que como a generalidade dos trabalhos do artista, recorre ao aproveitamento de lixo.

O comunicado da Rota do Românico descreve a peça como “uma reinterpretação contemporânea da estética românica, recorrendo aos metais e aos plásticos como materiais de composição artística. Uma obra tridimensional, colorida e original, com uma forte conotação ecológica e social, na linha dos conhecidos trabalhos do artista Artur Bordalo, nascido em Lisboa, em 1987.”

O CIER foi aberto ao público no passado dia 25 de julho, e apresenta, como alicerce do museu, uma reconstituição parcial e hipotética da fachada, destruída em 1668, da Igreja de São Pedro de Abragão, tendo como base os cerca de 70 elementos pétreos com decoração românica descobertos, inesperadamente, em 2006, durante os trabalhos do arranjo urbanístico do Centro Cívico de Abragão.

Pode ser visitado à quinta e sexta-feira, entre as 10 e as 13 horas e as 14 e as 18 horas, e ao fim de semana apenas de manhã, enquanto vigorar o atual Estado de Emergência.