Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

Orçamento Participativo Jovem do Marco de Canaveses vom novas regras para contemplar mais projetos

O regulamento do Orçamento Participativo Jovem (OPJ) do Marco de Canaveses, vai ser alvo de alterações, nomeadamente o aumento da verba disponível de 30 mil para 40 mil euros, a limitação de uma candidatura por jovem, a possibilidade de melhoria de propostas por parte dos proponentes e a promoção de uma apresentação pública das propostas admitidas, antes do processo de votação. O intuito passa por “motivar o interesse e a participação de cada vez mais jovens”, refere o Vereador do pelouro da Juventude, Paulo Couto.

“Temos vindo a registar um aumento de propostas de ano para ano, mas queremos mais. Sabemos que os jovens marcuenses são criativos e têm talento, por isso é fundamental o contributo deles. O OPJ serve precisamente para envolver os jovens nos projetos de desenvolvimento do concelho e estas alterações visam melhorar o concurso, motivá-los e valorizar as propostas”, explica Paulo Couto.

Outra das alterações a implementar é o aumento do número de elementos da Comissão de Análise Técnica, que passará a contar com elementos designados pelo Conselho Municipal da Juventude.
Segundo a autarquia marcuense, as alterações foram aprovadas por unanimidade, em sede de Reunião de Câmara na passada sexta-feira, 12 de fevereiro.