Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

CHTS e autarquia de Baião preparam Projeto na área da Saúde Mental para a infância e adolescência

 

A propósito do projeto-piloto na área da saúde mental, com incidência na área da infância e da adolescência, teve lugar no passado dia 7 de abril, uma reunião de trabalho entre o Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) e a autarquia de Baião.

A apresentação do projeto aos parceiros sociais foi realizada por dois responsáveis clínicos do departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do CHTS, João Coelho Silva e Carla Maia. Foram ainda visitadas possíveis instalações onde possa funcionar este serviço que irá ser prestado à comunidade.

A dar as boas-vindas aos participantes estiveram o presidente e o vice-presidente da autarquia, Paulo Pereira, e José Pinho Silva, respetivamente.

Para o edil baionense “a Câmara Municipal de Baião irá colaborar em tudo o que for necessário para que este projeto tenha sucesso”, referiu.

O autarca salientou que este projeto-piloto “é muito importante para a comunidade baionense, e agradeceu aos responsáveis do CHTS por se lembrarem de Baião, principalmente agora, tendo em conta o contexto social provocado pela pandemia da COVID-19”.

O vice-presidente, José Pinho, referiu que “é mais um desafio que a autarquia e a comunidade baionense vão receber de braços abertos porque este projeto vai prevenir e tratar as doenças mentais no contexto em que as pessoas vivem e em articulação com outras estruturas e profissionais da comunidade. Trata-se de um novo paradigma na área da saúde, que aproxima serviços especializados e normalmente distantes dos nossos territórios e permite que muitos jovens e crianças tenham acesso a estas consultas e direito a um futuro melhor e cheio de esperança”.

A experiência-piloto prevê a criação de uma equipa multidisciplinar, formada por médico, psicólogo, enfermeiros, técnico de serviço social, terapeuta ocupacional e assistente técnico.

Estes profissionais deverão deslocar-se regulamente ao concelho de Baião para realizar consultas, sessões terapêuticas, reuniões de acompanhamento e outras, que promovam o acompanhamento de crianças e de jovens nos mais diversos contextos.

Na reunião, que decorreu nos Paços do Concelho de Baião, estiveram também presentes, a  Delegada de Saúde de Baião, o Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil, Agrupamento de Escolas do Sudeste,  Agrupamento de Escolas de Eiriz, Santa Casa da Misericórdia de Baião, o Centro Social de Santa Cruz do Douro, Adegril, a  Ober, Cecajuvi, o Centro Paroquial de Santa Marinha do Zêzere e Técnicos do Programa de Combate ao Insucesso Escolar e CPCJ.