A Agrival não se irá realizar pelo segundo ano consecutivo

Ouvir a Notícia

A Penafiel Activa, empresa municipal responsável pela organização da Agrival, lançou um comunicado onde confirma que não haverá edição de 2021 devido à pandemia de COVID-19. Segundo a empresa “o atual momento de Pandemia não permite o normal funcionamento do evento por não estarem reunidas as condições necessárias para a realização da Feira Agrival. Eventos que promovam uma grande concentração de pessoas, como é o caso da Feira Agrival, potenciam um enorme risco para a saúde pública. A decisão do cancelamento foi articulada em estreita colaboração com as autoridades competentes.”

A Agrival tradicionalmente acolhe num espaço superior a 25.000 m2, expositores ligados à agricultura, gado, mas também inúmeras áreas de negócio como maquinaria, agro-indústria, sector automóvel, imobiliária, gastronomia, novas tecnologias, artesanato ou serviços, entre outros.

A principal razão para o cancelamento da edição de 2021 é os milhares de pessoas que visitam a feira todos os anos, o que perante a pandemia de COVID-19, torna-se um risco para a saúde pública. Em condições normais, durante os dez dias de certame, este oferece, além da vertente expositiva, concertos de artistas e grupos nacionais e regionais divididos pelos dois palcos, diversos espaços de gastronomia, provas de degustação e concursos dedicados a produtos tradicionais, tais como o da cebola e do melão casca de carvalho, entre outros. Cada dia é dedicado a um concelho do Vale do Sousa – Castelo de Paiva, Lousada, Marco de Canaveses, Paredes, Felgueiras, Amarante, Penafiel e Paços de Ferreira e também a região da Galiza se junta a estes concelhos. A nível do balanço financeiro, a Agrival tem registado, nos últimos anos, cerca de 10 milhões de euros em negócios.