87.8 e 88.5


















FM

Autarquia de Baião publicou livros escritos pelos alunos dos 4.º e 6.ºs anos

Ouvir a Notícia

Os textos produzidos pelos alunos das turmas dos 4.º e 6.ºs anos dos três Agrupamentos de Escolas de Baião, foram publicados pela autarquia baionense, a par dos anos anteriores.

O livro intitulado “900 anos do Mosteiro de Ancede”, é composto por uma série de textos e ilustrações produzidos por um total de 285 alunos e tem como objetivo “desenvolver as capacidades expressivas e estimular a criatividade dos alunos através da prática de escrita de textos, este livro é o culminar de um conjunto de oficinas de escrita criativa, desenvolvidas ao longo do passado ano letivo, no âmbito da estratégia educativa TâmegaSousa Educa (acreditamos em ti), promovida pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, em articulação com a Câmara Municipal de Baião”.

José Pinho Silva, vice-presidente e responsável pelo pelouro da Educação, entregou pessoalmente os livros aos jovens autores, em visitas realizadas no dia 6 de maio às escolas, acompanhado pelos diretores dos agrupamentos, os professores que colaboraram nesta iniciativa e pelo escritor João Manuel Ribeiro, que coordenou o processo.

“Este livro é um dos exemplos mais visíveis de um instrumento educativo que é fulcral na maneira como encaramos a formação dos mais novos – o Projeto Educativo Concelhio, implementado em 2015 e que muito tem contribuído na definição de uma linha orientadora para os nossos três agrupamentos de escolas”, referiu José Pinho Silva.

“É preciso ainda reconhecer que o sucesso escolar dos jovens baionenses é reflexo da excelência e dedicação dos professores, mas também da sintonia e conjugação de interesses entre a autarquia, agrupamentos de escolas e comunidade em geral”, acrescentou o vereador da Educação.

Foi entregue um livro a cada um dos alunos que participaram desta iniciativa e estão disponíveis exemplares nas diversas bibliotecas.