Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

A Estratégia Local de Habitação de Marco de Canaveses prevê um investimento superior a 8 milhões de euros (C/Áudio)

Realizou-se na passada terça-feira, no Emergente Centro Cultural em Marco de Canaveses, a cerimónia de assinatura e homologação do acordo entre o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana e o Município do Marco de Canaveses.
O acordo em questão vai permitir aumentar a resposta habitacional do Município em 130%, passando das atuais 80 habitações para um total de 183. O Ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, marcou presença na cerimónia, e destacou a importância de garantir habitação digna à população, algo que faz parte da Constituição da República Portuguesa.

O Ministro Pedro Nuno Santos, realçou também a importância do trabalho de proximidade das autarquias neste projeto.

 

A autarca marcuense, Cristina Vieira, falou num dia histórico para o Município.

O investimento em causa encontra-se na ordem dos 8 milhões e 435 mil euros entre 2021 e 2026 como referiu a edil marcuense, Cristina Vieira.

A Estratégia Local de Habitação de Marco de Canaveses, significará um investimento de cerca de 8 milhões e 435 mil euros, dos quais o Município assume mais de 3 milhões de euros. Durante a cerimónia, o Ministro das Infraestruturas e Habitação, referiu que caso a Estratégia seja aplicado na totalidade até 2026, esse valor será coberto na totalidade pelo Programa de Recuperação e Resiliência (PRR).


Ainda durante a cerimónia, foi abordado o tema do IC 35, que fará a ligação entre a freguesia de Rans (Penafiel) Entre-os-Rios e Sever do Vouga. A obra, já há muitos anos reivindicada pela região, estava presente no PRR, aprovado pela Comissão Europeia na semana passada. O Ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, explicou que esta intervenção, a par da ligação da variante à EN211 entre Quintã e Mesquinhata e a ligação de Baião à Ponte da Ermida, têm de estar concluídas até 2026, sob pena de se perder o financiamento europeu para as mesmas.

A autarca marcuense, Cristina Vieira, falou numa intervenção de grande importância para a região.


Também durante a cerimónia, em declarações à Comunicação Social, a autarca marcuense, Cristina Vieira, anunciou que já foi ultimado o projeto de execução de um novo viaduto no final da Avenida dos Bombeiros Voluntários de Marco de Canaveses, que segundo a edil, terá uma importância significativa na gestão do tráfego automóvel na cidade.

Declarações de Cristina Vieira, durante a Cerimónia de assinatura e homologação do acordo entre o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana e o Município do Marco de Canaveses, que contou com a presença do Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, e a Secretária de Estado da Habitação, Marina Gonçalves..