Baião 46 empresas recebem subsídios

Ouvir a Notícia

 

O programa de recuperação económica “Baião Retoma”, criado pelo pelouro dos Assuntos Económicos da Câmara Municipal de Baião e que consistiu na atribuição de um apoio financeiro único, a fundo perdido, para proteger o tecido económico do concelho, incentivar a retoma económica e salvaguardar o emprego atribuiu subsídios a 46 das 54 empresas que se candidataram.

Os empresários contemplados estiveram presentes numa cerimónia realizada no dia 17 de julho no auditório da Escola Básica e Secundária de Baião, que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira e do Vereador dos Assuntos Económicos, José Lima.

 

Destinado a apoiar a retoma da atividade e apoiar a empregabilidade, o valor do subsídio atribuído foi determinado com base na quebra de rendimentos provocada pela Pandemia, analisando o volume de negócios de 2020, quando comparado com o ano de 2019.

Esta avaliação foi conjugada com o número de postos de trabalho que a entidade tinha preenchidos a 31 de março de 2021

Segundo a autarquia Baionense das 54 empresas candidatas, 46 cumpriram os requisitos estabelecidos, no entanto, mesmo essas têm de cumprir diversos critérios sob pena do subsídio ter de ser restituído.

Entre as obrigações que as empresas devem cumprir, destaque para:

–  A não cessação ou suspensão da atividade económica objeto do apoio até 120 dias subsequentes à outorga do protocolo, salvo por determinação legal;

– Manter, comprovadamente, as situações contributivas.