Piloto de Resende alcançou o 2.º lugar na Rampa do Caramulo

Ouvir a Notícia

José Carlos Pouca Sorte, natural de Resende, alcançou o segundo lugar ao volante do seu BMW M3, na Rampa do Caramulo.

O piloto começou logo na warm up 1, por ser o autor do 15º melhor tempo na classificação geral, ao fazer toda a rampa do Caramulo em 1.38.562 à média de 106,09 km/h, sendo o 3º no seio da sua categoria. De seguida deu lugar às duas subidas oficiais de treinos, onde José Carlos, assinaria logo dois cronos de 1.35.226 à média de 17,74 km/h, mantendo a 3ª posição na categoria, para a seguir rubricar ainda um crono mais rápido com 1.34.487 à média de 108,58 km/h, mantendo a 3ª posição na categoria.

Depois da warm up surge a derradeira subida de treinos, com as condições atmosféricas a não sofrerem grande melhoria, conseguindo assim alcançar um crono de 1.47.641 à média de 95,31 km/h, ascendendo ao 2º lugar na categoria de Turismos 2.

“A verdade é que para as duas subidas de prova que falta disputar as condições atmosféricas melhoraram, pois parou de chover, e o nevoeiro dissipou-se um pouco mais, o que permitiu a todos os pilotos andar mais depressa e José Carlos Pouca Sorte foi um dos que não desperdiçou a oportunidade, fazendo logo um tempo de 1.33.775 à média de 109,412 km/h, passando a ocupar a 2ª posição em termos de categoria. Na derradeira subida de prova, José Carlos Pouca Sorte debateu-se com um problema técnico com o seu BMW M3, e seria obrigado a renunciar” pode ler-se no comunicado enviado à redação da Rádio Montemuro.

Após a cerimónia de entrega de prémios, José Carlos Pouca Sorte estava satisfeito com o excelente resultado não foi de modo algum um fim de semana fácil, pois no sábado andamos bem sem grandes problemas, mas no domingo com aquelas condições atmosféricas foi deveras difícil transmitir toda a potencia do carro ao chão. Para além disso não dispúnhamos dos pneus adequados a este tipo de condições atmosféricas, foi um desafio que consegui superar ao obter esta 2ª posição, que me deixa obviamente muito satisfeito, sendo o meu melhor resultado esta época. Agora há que começar a pensar na última prova, a Rampa de Boticas, onde para ser franco gostava de repetir esta posição, vamos lá ver como vai correr”, conclui José Carlos Pouca Sorte.

 

Classificação final campeonato Portugal Montanha-Turismos 2

1º Joaquim Teixeira – Cupra TCR

2º JOSÉ CARLOS POUCA SORTE – BMW M 3

3º Paulo Silva – Audi RS 3

4º Manuel Sousa – Cupra TCR