Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

Unidade de admissão centralizada de doentes para cirurgia convencional programada já está a funcionar no CHTS

De forma a reduzir o tempo de internamento e probabilidade de infeções hospitalares, o Centro hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS), tem agora a funcionar uma unidade de admissão centralizada de doentes para cirurgia convencional programada que representa um valor acrescentado para doentes e profissionais, a APIC (Clínica Admissão pré-internamento cirúrgico).

Entre outros benefícios, a clínica “vai permitir otimizar a gestão de camas hospitalares e maior segurança para o doente”, refere o Centro Hospitalar.

“A par da segurança do doente está a humanização de cuidados, quer a nível do espaço, com música ambiente e hotelaria comparável ao que de melhor existe no mercado, quer ao nível assistencial através da personalização de cuidados e pelo bom acolhimento devido à maior proximidade com os profissionais.

O acompanhamento familiar é também um dos aspetos fundamentais desta unidade, ainda que não o seja possível fazer em período de pandemia COVID-19”, conclui o Centro Hospitalar.