Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

O projeto “De Volta à Praça” vai estar em Marco de Canaveses

Nos próximos dias 11 e 12 de setembro, Marco de Canaveses recebe o projeto “De Volta à Praça” no Jardim Municipal do Marco de Canaveses e Jardim da Alameda Dr. Miranda da Rocha, no centro da cidade.  A Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) é um dos parceiros do projeto, liderado pelo Coliseu do Porto, em parceria com o Teatro Nacional São João.

Tratam-se de dois espetáculos, um do Circo do Coliseu do Porto e um da Companhia Erva Daninha, complementados por uma oficina de circo e marionetas.

O primeiro espetáculo é levado a cabo pelo Circo do Coliseu do Porto, no sábado, dia 11, às 21h00, e é caracterizado como “uma aventura fora da casa-mãe para recuperar a tradição itinerante do circo, montando arraial no Jardim Municipal do Marco de Canaveses.” Também no sábado, às 15h00, o Emergente Centro Cultural recebe uma oficina de circo e marionetas, dinamizada pelo Teatro da Palmilha Dentada.

No domingo, às 18h00 o “De Volta à Praça” , vai ao Jardim da Alameda Dr. Miranda da Rocha, com a apresentação da peça Rasto, da Companhia Erva Daninha, um espetáculo que junta a dança e a acrobacia, e “que usa o arrojo de uma máquina agrícola como elemento cenográfico, um adereço invulgar para uma apresentação poética que quer pensar a relação entre o corpo e a máquina, mas também a forma como o rural e o urbano estão inextricavelmente ligados das nossas paisagens no nosso imaginário.” refere a organização.

O objetivo principal deste projeto, é, segundo a CIM do Tâmega e Sousa, “criar um espaço de programação de circo que, associado ao património natural e cultural dos territórios, convoque as pessoas para o centro das localidades e crie novos espaços de encontro e partilha da comunidade.”

A entrada é gratuita, mas necessita de reserva de bilhetes, através do email bilheteira@devoltaapraca.pt. Os espetáculos e a oficina estarão sujeitos às normas em vigor da Direção-
Geral da Saúde.
O projeto “De Volta à Praça” é cofinanciado pelo Norte 2020, Portugal 2020, União Europeia, através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.