O Hospital de S. Gonçalo, Amarante, representa hoje, 31% das cirurgias do CHTS

Ouvir a Notícia

O Hospital São Gonçalo, em Amarante, tem vindo a registar, um crescimento de atividade significativo, em particular ao nível das cirurgias.

Segundo o Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS), em 2016 foram realizadas 2.456 cirurgias. No ano 2019, ano anterior à COVID 19, o número de cirurgias realizadas foi de 4.828. Este ano, 2021, apesar dos constrangimentos relacionados com a pandemia, em oito meses, as cirurgias realizadas no Hospital de são Gonçalo atingiram já 4.287, o que, segundo o CHTS, “denota bem o grande progresso no acesso aos cuidados de saúde garantido aos utentes, com o esforço e dedicação dos profissionais.”

Em dezembro 2016, as cirurgias no Hospital São Gonçalo representavam 15% do total de cirurgias do CHTS, em agosto de 2021, representam já 31%.

Atualmente, segundo o CHTS, quase não existem casos de doentes em espera além do tempo recomendado, exceto alguns casos absolutamente marginais.

O Hospital São Gonçalo, em conjunto com o Hospital Padre Américo, em Penafiel, representa o Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS), que representa 5% da população portuguesa, distribuída por 12 concelhos, em quatro distritos.