(C/Áudio) O Agrupamento de Escolas General Serpa Pinto levou 6 alunos á Grécia no âmbito do programa Erasmus +

Ouvir a Notícia
Seis alunos e dois professores do Agrupamento de Escolas General Serpa Pinto de Cinfães participaram na 1ª mobilidade do projeto Erasmus “Democracy begins at home”, entre os dias 14 e 20 de novembro. Esta iniciativa junta cinco escolas de diferentes países da Europa, com o objetivo de desenvolver atividades relacionadas com a promoção dos valores da democracia junto dos mais jovens. O projeto, coordenado pela Escola Básica nº 7 de Chios, na Grécia, junta o Agrupamento de Escolas General Serpa Pinto de Cinfães e escolas da Itália, Polónia e Turquia, para além da anfitriã grega.

O professor do Agrupamento de Escolas General Serpa Pinto, Pedro Peixoto, explica em que consistiu esta iniciativa.

Durante a semana de atividades Erasmus, os alunos portugueses tiveram a oportunidade de dinamizar um variado leque de atividades relacionadas com a partilha de tradições e costumes de cada um dos países, bem como dar a conhecer um pouco da História recente de cada um dos países ao que os alunos aderiram com entusiasmo, como nos dá conta Pedro Peixoto.
Cada escola participante no projeto divulgou a sua bandeira nacional, o brasão de armas e o hino, bem como os seus significados, tendo sido elaborado um brasão de armas do projeto, como forma de unir as escolas envolvidas neste projeto. Para além de terem sido recriadas diversas situações eleitorais, como forma de promover a importância da democracia junto dos mais jovens, os alunos envolveram-se em atividades de música, dança e expressão dramática, tendo o inglês como língua de comunicação.
Durante a semana passada na Grécia, foram realizadas diversas visitas de âmbito cultural ao mosteiro de Nea Moni do século XI, à vila-fortaleza de Anavatos, ao Museu Mástique de Chios e às aldeias típicas de Pyrgi e Mesta. Os alunos ficaram a saber que o mástique, resina que provém da aroeira, constitui um dos produtos de referência da ilha de Chios, bastante utilizado em todo o mundo nas indústrias farmacêutica, cosmética, alimentar e outras. Este produto é totalmente obtido e transformado manualmente, sendo por isso um produto bastante valorizado em termos económicos e essencial na economia de Chios. Na aldeia de Pyrgi, os alunos passaram pela casa onde se julga ter vivido Cristóvão Colombo. A receção nos Paços do Concelho de Chios foi outro dos momentos altos da mobilidade.
Segundo o professor Pedro Peixoto, esta iniciativa tem uma grande importância para os jovens, ensinando-os sobre a democracia, e motivando a conhecer novas culturas
Os alunos experienciaram inúmeras situações de aprendizagem que serão disseminadas pelas suas escolas de origem. Esta não é a primeira ocasião em que o Agrupamento de Escolas General Serpa Pinto, em Cinfães aposta na internacionalização, promovendo diversos projetos Erasmus, numa lógica de reforço do desenvolvimento integral dos seus alunos. O Erasmus é um programa financiado pela UE que tem como objetivo principal a formação de cidadãos europeus mais inclusivos, visando a promoção de uma Europa mais aberta e unida na diversidade.