Foram destruídos 429 ninhos de vespa asiática no concelho de Baião no ano de 2021

Ouvir a Notícia

Em 2021 os Bombeiros Voluntários de Baião e de Santa Marinha do Zêzere procederam à destruição de 429 ninhos de vespa asiática no concelho, uma ação acompanhada pelo Serviço Municipal de Proteção Civil de Baião.

Este constitui um aumento de 75 por cento face a 2020, ano em que tinham sido removidos 245 ninhos de vespa velutina no concelho.

Estas intervenções são efetuadas por pessoal capacitado e protegido para o efeito, com equipamentos de proteção adequados, sendo asseguradas todas as medidas de segurança necessárias para evitar colocar em risco as populações.

A autarquia baionense, perante o crescente número de ninhos de vespa asiática no concelho de Baião, e de forma a garantir uma resposta mais célere e eficiente ao problema, a Câmara Municipal e as duas corporações de bombeiros do concelho realizaram um acordo em que passariam a ser estas as entidades as responsáveis e com competência para a eliminação destes ninhos, sendo que o Município atribui anualmente 10 mil euros às corporações de bombeiros para realizaram esta atividade de remoção de ninhos de vespa asiática.

No âmbito deste acordo, a Câmara Municipal ficou responsável por gerir as denúncias recebidas pelos cidadãos, encaminhando as mesmas às corporações de Bombeiros para extermínio dos ninhos.

O vice-presidente da Câmara Municipal de Baião, Filipe Fonseca, afirma que “esta junção de esforços é muito positiva no combate a esta espécie, pois assim torna-se mais eficiente e mais rápida esta luta, por isso quero agradecer às duas corporações de Bombeiros do nosso concelho todo o empenho e dedicação”.

A denúncia da existência de ninhos de Vespa Asiática deverá ser comunicada através de um dos seguintes meios:

– Inserir/ georreferenciar a localização do ninho e preencher o formulário com informação sobre os mesmos, disponível no portal www.sosvespa.pt.
– Deverá ser anexada, sempre que possível, uma fotografia da vespa ou do ninho, para possibilitar a sua identificação.
– As juntas de freguesia locais estão disponíveis para esclarecimentos e auxiliar os cidadãos no preenchimento dos dados na plataforma www.sosvespa.pt.
– Qualquer informação, comunicada através dos meios atrás referidos, será encaminhada para a Câmara Municipal de Baião que dará o devido seguimento ao processo. O Serviço Municipal de Proteção Civil de Baião também está disponível para esclarecer os cidadãos relativamente a eventuais dúvidas que possam surgir no seguimento deste assunto. Os munícipes poderão fazê-lo através do telefone 255 540 500 e/ou do e-mail geral@cm-baiao.pt.

– Contactar a GNR, através da linha SOS Ambiente e Território (808 200 520).

A Vespa asiática, ou velutina, é uma vespa de grandes dimensões: as rainhas medem +/- 3cm as obreiras medem +/- 2.5cm.
A cabeça é preta com face laranja/amarelada. O corpo é castanho-escuro ou preto aveludado, delimitado, por uma faixa fina amarela e um único segmento abdominal amarelo-alaranjado e as pontas das patas amarelas. Constroem ninhos em forma redonda ou em pêra, com cerca de 1 metro de altura e 80cm de diâmetro, principalmente em árvores com mais de 5m de altura, entre a folhagem. A entrada e saída dos ninhos é feita por um orifício lateral, por norma voltado a Este.

A Vespa asiática (velutina) é essencialmente um predador de abelhas, mas, tal como a vespa europeia (vespa crabro), também se alimenta de uma grande variedade de outros insetos