Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

Resende: Feira de São Cristóvão adiada

A tradicional Feira de São Cristóvão, que teria lugar no próximo dia 25 de julho, em Resende, vai ser adiada. Segundo a autarquia resendense, a feira vai ser adiada devido a impedimentos legais, nomeadamente:
1 – Atendendo que o espaço utilizado para a realização da feira está classificado como APPS – Áreas Prioritárias de Prevenção e Segurança, conforme informação disponível no site do Município (https://cm-resende.pt/…/Carta-de-Perigosidade-APPS…) e que, segundo a alínea a) do número 1 do artigo 68º do DL 82/2021 de 13 de outubro, na sua redação atual, determina-se que nos concelhos onde se verifique nível de perigo de incêndio rural “muito elevado” ou “máximo” são proibidas algumas atividades, tais como eventos organizados que justifiquem a concentração de pessoas em territórios florestais, bem como a circulação e/ou permanência em áreas florestais, incluindo a rede viária abrangida.
Em consulta da página do IPMA – Instituto Português do Mar e da Atmosfera (https://www.ipma.pt/pt/riscoincendio/rcm.pt/#0#1813), é possível verificar que para os próximos dias o perigo de incêndio rural para o concelho de RESENDE, varia entre os níveis “muito elevado” e “máximo”, apresentando para segunda-feira (dia 25 de julho) nível “muito elevado”.
2 – Despacho de Prorrogação da Declaração de Situação de Alerta para todo o território nacional, entre as 00h00 do dia 20 de julho e as 23h59 do dia 21 de julho, sendo que tal situação será reavaliada no dia 21 de julho.
Considerando as previsões das condições meteorológicas de manutenção de elevadas temperaturas e baixos níveis de humidade relativa do ar, bem como as previsões do IPMA relativas ao risco de incêndio rural, após o dia 21 de julho, é expectável a sua continuidade.
Acresce às obrigações legais referidas, o sentido de responsabilidade do Município enquanto entidade promotora do evento, em adotar medidas preventivas e especiais de reação, face ao elevado risco de incêndio rural para o nosso concelho.
“Reconhecendo a expectativa de todos os munícipes para a realização da Feira de São Cristóvão, o Município compromete-se a agendar uma nova data para realização da mesma, salvaguardando o cumprimentos das obrigações legais e de todas as responsabilidades que nos competem, nesta matéria”.