(C/áudio) Câmara Municipal de Cinfães vai fixar participação variável do IRS em 3% devolvendo mais de 100 mil euros aos munícipes

Ouvir a Notícia

A Câmara Municipal de Cinfães aprovou  em reunião do executivo a fixação da participação variável de IRS, a que o município tem direito, de 5% para 3%.

As autarquias têm direito a receber 5% do total de IRS cobrado nos respetivos concelhos e podem devolver uma parte aos cidadãos, reduzindo a taxa e não arrecadando parte da receita, contudo, o edil cinfanense, Armando Mourisco afirma que pretende devolver 2% desse valor às famílias cinfanenses, para fazer face às dificuldades provocadas pela elevada inflação.

Declarações de Armando Mourisco, edil cinfanenses, a propósito da redução para 3% da taxa de participação variável de IRS, a que a autarquia tem direito.