Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

A Dolmen inaugurou a nova loja em Marco de Canaveses

A Dolmen inaugurou no passado dia 29 de outubro, o novo centro de promoção de produtos locais, no concelho do Marco de Canaveses. O novo espaço, albergado pelo Museu Carmen Miranda, foi cedido pelo município, e pretende reforçar a “clara estratégia de promoção territorial e de apoio à produção local que as duas entidades mantém como objetivo comum.”

A edil marcuense, Cristina Vieira, destaca que a “Dolmen tem feito, ao longo destes últimos anos, muito bem este trabalho, de promoção dos nossos produtos endógenos, dos nossos vinhos, da nossa gastronomia. Tem conseguido aliar o que de melhor temos no território.”

“Hoje é um dia especial porque temos esta loja que vai servir de apoio ao museu e aos nossos visitantes, que levam um pouco de nós através desta fantástica montra que temos neste novo espaço da Dolmen. Estas duas missões que temos aqui neste espaço, que é o artesanato e esta nova loja, formam um casamento feliz”, referiu a autarca.

O presidente da Dolmen, Gabriel Carvalho, destacou que esta é “uma iniciativa muito pertinente que vai de encontro aqueles que são os princípios e os valores da Dolmen mas também os do município do Marco de Canaveses. A partir de hoje, passamos a partilhar este espaço e a partilhar também aquilo que queremos fazer em conjunto, aquilo que será o futuro do Museu Carmen Miranda e da Dolmen.”

“A génese do nosso trabalho está no auxílio aos investimentos de famílias e de particulares, nas suas ideias de negócio, culminando na venda e promoção dos produtos. Este é um aspeto muito importante do nosso trabalho, o produto local, o que nasce no território. Este território passa por um conjunto de experiências muito alargado. Experiências de restauração, experiências de alojamento, experiências gastronómicas e de artesanato. Estes são produtos do território, são saberes e sabores que pudemos dar a experimentar. Nada melhor do que fazê-lo aqui, no Museu Carmen Miranda, um museu que tem um potencial imenso, um potencial internacional”, acrescentou.

Esta é mais uma loja da Dolmen, processo que iniciou com a abertura da primeira loja em Baião. Seguiram-se a loja de Marco de Canaveses em 2012, a loja de Amarante em 2014 e muito em breve também em Resende.

Marcaram presença na cerimónia os Órgãos Socias da Dolmen, representantes das freguesias do Marco de Canaveses e ainda alguns produtores locais.