Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

( C/ ÁUDIO) Técnicos de Emergência pré-hospitalar iniciaram hoje greve ao trabalho suplementar. Fique a par da situação na região do Tâmega e Sousa

Os técnicos de emergência pré-hospitalar iniciaram esta terça-feira uma greve ao trabalho suplementar, por tempo indeterminado, a exigir medidas para tornar a carreira mais atrativa, com o objetivo  de combater a taxa de 30% de abandono da profissão, como refere em declarações à Rádio Montemuro, Rui Cruz, Vice-Presidente do do Sindicato dos Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar (STEPH), que salienta também o nível de adesão na região Norte e na região do Tâmega e Sousa, onde se incluem as SIV (Ambulância de Suporte Imediato de Vida) de Cinfães e Amarante.

Os serviços em horário normal urgente e emergente continuaram a ser garantidos em todos os turnos, como refere Rui Cruz.

Declarações de Rui Cruz, Vice-Presidente do do Sindicato dos Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar (STEPH), a propósito da greve sem termo, que teve início hoje.