Autarquia do Marco de Canaveses pretende implementar Contrato Local de Segurança

Ouvir a Notícia

Com o intuito de reduzir as vulnerabilidades sociais, assim como a delinquência juvenil, a eliminação de fatores que podem originar comportamentos criminosos e a redução das assimetrias e desigualdades sociais, a autarquia do Marco de Canaveses pretende implementar um Contrato Local de Segurança.

Em reunião que decorreu ontem, no Auditório Prof.ª Emília Monteiro, foi apresentado ao Concelho Municipal de Segurança, a intenção de celebração do contrato com o Ministério da Administração Interna, nomeadamente “as vantagens associadas à implementação deste contrato, que no Marco de Canaveses assumiria a tipologia designada “MAI Município”, baseada num conjunto de estratégias de prevenção criminal face a baixas taxas de criminalidade.

Ao Conselho Municipal de Segurança foram também apresentados os cinco eixos em que o Município se propõe a intervir com a implementação do Contrato Local de Segurança: Combater as Vulnerabilidades Sociais; Prevenção da Delinquência Juvenil e dos Comportamentos Desviantes; Ambiente, Requalificação, Valorização do Património Habitacional e do Espaço Público; Reforçar a Visibilidade Policial e Combater a Insegurança; Combater a violência no desporto”.

Durante a reunião foi ainda realizado um balanço e análise da entrada em vigor do novo Regulamento dos Horários de Funcionamento dos Estabelecimentos Comerciais e do Ruído no Marco de Canaveses, com especial enfoque na emissão de licenças especiais de ruído.