Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

Marco de Canaveses: Projeto Caerus foi prolongado até junho

Foi apresentada e validada pela autarquia do Marco de Canaveses, a intenção de prolongar o Contrato Local de Desenvolvimento Social – 4G (CLDS–4G), Projeto Caerus, até 30 de junho de 2023.

Recorde-se que o CLDS, Projeto Caerus, foi referido pelo Centro Distrital da Segurança Social do Porto, “como exemplo de boas práticas na realização e implementação dos CLDS do Distrito do Porto, uma resposta social diversificada e de vários sectores de intervenção como o emprego, a formação, e qualificação, e a intervenção social junto dos cidadãos e das famílias que revelem maiores níveis de fragilidade social”.

A Presidente da Autarquia, Cristina Vieira, refere que “a implementação do CLDS trouxe benefícios para o Concelho, sobretudo no que diz respeito à rentabilização de recursos, e efetiva articulação das parcerias, e à intervenção social de proximidade no apoio aos nossos cidadãos. É, por isso, com muita satisfação e claramente oportuno, que vemos a possibilidade da continuidade dessa intervenção”, salienta.

Em sessão que decorreu nos Paços do Concelho do Marco de Canaveses, no passado dia 31 de janeiro, além da aprovação do plenário foram apresentados os primeiros resultados do Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social (SAAS) após delegação de competências, às 20 entidades do Concelho presentes na reunião.

As IPSS do Concelho (Cercimarco, Centro Social e Paroquial da Vila de Alpendorada, Centro Social de São Martinho de Soalhães e Associação Cultural e Desportiva da Casa do Povo de Vila Boa do Bispo) promoveram, desde outubro de 2022 e janeiro de 2023, sete reuniões do Núcleo Local de Inserção, 133 contratos de inserção, integrados na medida de Rendimento Social de Inserção, e apoiaram 29 famílias em situação de emergência social, com comprovada carência económica e de risco social.

Para a Vereadora Municipal, Clara Marques, “os excelentes resultados apresentados, e ainda em pouco tempo de parceria, demonstra bem a qualidade do trabalho da nova equipa alargada, que integra 13 técnicos das quatro IPSS, que pertencem a este Conselho Local de Ação Social.

Felicito os colaboradores e agradeço por este empenho e por estes resultados, que nos fazem crer que estamos preparados para fazer face aos desafios na intervenção social nos tempos presentes”, reforça.