Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

O Município de Baião promoveu o regresso da Assembleia Municipal de Jovens

O Município de Baião promoveu a XIII.ª edição da Assembleia Municipal de Jovens, no dia 3 de maio, com o objetivo de “desafiar os jovens baioneses à reflexão, não apenas global, mas, e em particular, sobre o concelho, apresentando ideias e apontando caminhos que conduzam ao melhor desenvolvimento, com a implementação de políticas que vão ao encontro das necessidades da população, sobretudo das gerações mais novas”, refere a autarquia.

Participaram cerca de 5 dezenas de estudantes dos três Agrupamentos de Escolas, – Vale de Ovil, Eiriz e Sudeste de Baião -, numa sessão em que o presidente da Assembleia Municipal, Armando Fonseca, esteve acompanhado na Mesa do Plenário pelo Presidente da Câmara, Paulo Pereira, e pelos jovens Érica Fonseca, do Agrupamento de Escolas (AE) do Sudeste; Leyre Ribeiro, do AE de Eiriz e Pedro Rocha, do AE de Vale de Ovil, que conduziu os trabalhos.

Os jovens oradores, com o tema base “Baião Destino Turístico Sustentável”, abordaram vários assuntos relacionados com as suas preocupações, em referência à realidade atual do concelho e aos desafios e anseios num olhar para o futuro.

Na sua apresentação, Matilde Monteiro, porta-voz do Agrupamento de Escolas de Eiriz, deu nota das descobertas que fez, na preparação da intervenção, sobre a riqueza patrimonial do concelho, destacando o Desenvolvimento Sustentável e os indicadores positivos que resultam dessa aposta do Município, revelando-se ainda “surpreendida com a elevada oferta cultural existente em Baião”, afirmou.

A porta-voz do Agrupamento de Escolas de Vale de Ovil, Inês Monterroso, destacou “medidas para fixar os jovens em Baião”, apresentando ideias, tais como, uma ciclovia, e espaços para a prática desportiva e atividades de lazer, direcionados para a Juventude, fatores que, em sua opinião, contribuirão para que os jovens não tenham de deslocar-se para os grandes centros.

A fechar o período das intervenções, Maria João Sousa, do Agrupamento de Escolas do Sudeste, elogiou a aposta de Baião na Sustentabilidade, como forma de “desenvolver o presente, sem comprometer o futuro”, sublinhando ainda a importância do “equilíbrio” entre os setores económico, social e ambiental. A terminar, salientou a necessidade de cuidar do território para que possamos “manter o orgulho nas nossas origens”, concluiu.

O edil baionense, Paulo Pereira, destacou que “Só o facto de falarmos sobre as questões, já é muito importante”, desafiando os jovens a “maior participação cívica, um maior envolvimento nas questões que dizem respeito a todos nós e das quais depende o presente, mas também o futuro”.

A propósito do Turismo, um dos temas mais abordados, e dando nota do “enorme crescimento” do setor, nos últimos anos, o autarca explicou que o trabalho que o município desenvolve, “não é apenas para os turistas, mas, e sobretudo, para os que cá vivem, para que haja mais riqueza no território, para a melhor qualidade de vida da nossa população”, esclareceu.


O Presidente da Assembleia Municipal, Armando Fonseca, agradeceu e elogiou o empenho dos jovens, a importância do seu contributo, das suas opiniões e sugestões para a “definição das opções políticas para o concelho”.

Por seu lado, o Vice-presidente e vereador responsável pelo pelouro da Juventude, Filipe Fonseca, elencou as iniciativas direcionadas para os jovens, destacando a Semana da Juventude e o Orçamento Participativo Jovem, medida esta que cria a possibilidade de apresentarem projetos que entendam relevantes e que serão incluídos nas opções do executivo. “Estamos disponíveis para receber as vossas
sugestões e debater as vossas ideias para que possamos desenvolver políticas que vão ao encontro daquelas que são as vossas pretensões e que sejam mais valias para o desenvolvimento de Baião”
, assegurou o autarca.

Participaram ainda na sessão as vereadoras Anabela Cardoso e Célia Azevedo, responsáveis do IEFP e da Segurança Social, dirigentes dos três agrupamentos de escolas, professores e uma representante do Centro Social de Santa Cruz do Douro.


No âmbito da Assembleia Municipal de Jovens, vai realizar-se no dia 11 de maio, uma viagem a Lisboa que proporcionará aos jovens uma visita guiada à Assembleia da República.