Procurar
Close this search box.

87.8 e 88.5


















FM

Educação: Autarquia do Marco de Canaveses reforça em 220 mil euros anuais, os apoios financeiros às 16 Juntas de Freguesia

Em reunião do executivo municipal do Marco de Canaveses, realizada no passado dia 11 de setembro, foi aprovado um reforço do apoio financeiro em 220 mil euros para as Juntas de Freguesias do Concelho.

Trata-se de um aumento no financiamento dos Contratos Interadministrativos de Delegação de Competências, para a área da Educação, assinados em janeiro com as 16 Juntas de Freguesia, para um total de 1 milhão e 950 mil euros por ano.

Para a Vereadora Municipal, Clara Marques, responsável pelo Pelouro da Educação, “estamos muito atentos aos impactos económicos provocados pelo aumento do custo dos preços das matérias-primas e da atualização da remuneração mínima mensal garantida. Este aumento financeiro, no conjunto de apoios sociais, vem no sentido do aprofundamento da parceria estabelecida com as Juntas de Freguesia, em matéria da Delegação de Competências na área da Educação, sendo também uma garantia para a qualidade e o progresso do sistema de ensino no Concelho do Marco de Canaveses”, reforçou.

Com este apoio, a autarquia passa assumir em 75% do pagamento, as despesas com os salários, e outros encargos, com as cozinheiras dos estabelecimentos de ensino Pré-Escolar e Primeiro Ciclo do Ensino Básico, o que se traduz num aumento de 185% comparado com o valor pago em 2017.

Na componente de apoio à família, no Ensino Pré-Escolar, a comparticipação por aluno passa de 41,65 euros para 45,25 euros, que representa um aumento de 42% por referência ao valor pago em 2017. Quanto às refeições para os alunos do Primeiro Ciclo do Ensino Básico o preço máximo por refeição passa de 2,58 euros para 2,75 euros o que representa um aumento de 30% face ao valor pago em 2017, salienta a autarquia marcuense. Os valores têm como base a taxa de inflação dos últimos 12 meses, por referência ao mês de setembro.

Importa referir que, o valor apresentado terá uma atualização anual com base na taxa de inflação dos últimos 12 meses, por referência a setembro.