Penafiel vai manter o valor do IMI no mínimo permitido por lei

Ouvir a Notícia

O Presidente da Câmara Municipal de Penafiel, Antonino de Sousa, propôs em reunião de câmara manter o IMI no valor mais baixo possível, que corresponde a 0,3% para os prédios urbanos e 0,8% para os rústicos e propôs ainda uma dedução fixa, no valor de 70€, para os agregados familiares com três ou mais dependentes mantendo o IMI no valor mais baixo possível por lei.

Na Derrama, a Câmara Municipal manterá para 2022 a isenção para as empresas com um volume de negócios que não ultrapasse os 150 000€, que constitui a maioria das pequenas empresas, e as restantes mantém a taxa fixa do ano anterior de 1,5%.

O autarca penafidelense refere que “O IMI em Penafiel encontra-se no valor mais baixo possível por lei. Mesmo mantendo a taxa mínima do IMI (0,3%), temos continuado a investir fortemente na área social, através do plano municipal solidário que já permitiu apoiar inúmeras famílias Penafidelenses, em diversas áreas como o arrendamento, energia, aquisição de medicação, refeições escolares, entre outras. Também ao nível das obras de proximidade, o Município de Penafiel teve uma forte dinâmica, com investimentos em todas as freguesias do concelho de Penafiel.